"SENHOR, FAZEI-ME INSTRUMENTO DE VOSSA PAZ".

Sua maior intenção, seu desejo principal e plano supremo era observar o Evangelho em tudo e por tudo,imitando com perfeição, atenção, esforço, dedicação e fervor os passos de Nosso Senhor Jesus Cristo no seguimento de sua doutrina". (Vida de S. Francisco - 1Cel 84)

"Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você está fazendo o impossível.São Francisco de Assis"

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Castidade, Obediência e Pobresa.


"Um ser humano vale o que ele é aos olhos de Deus e nada mais." (São Francisco de Assis)

“Senhor, faze de mim um instrumento puro”.
A castidade me é necessária para seguir ao Cordeiro sem manchas, me faz abandonar o homem velho e ser um homem novo, me faz exercitar a transparência interior e me torna inteiramente livre para Deus, deixando meu coração forte e leve, despojado.
Diziam que São Francisco imitou a pureza dos anjos, vivendo no meio dos homens e que se tornou exemplo de perfeição para os seguidores de Cristo.
Na Legenda Maior, encontramos: “Tinha alcançado uma tal pureza que seu corpo se encontrava em maravilhosa harmonia com o espírito e o espírito em maravilhosa harmonia com Deus”.

“Senhor, faze de mim um instrumento puro e casto de tua paz”.

“Senhor, faze de mim um instrumento obediente”.
A obediência me é necessária para seguir ao servo obediente até a morte e morte de cruz: me faz abandonar a pretensão de ser o patrão, o chefe; me faz exercitar a disponibilidade interior e me torna inteiramente livre para Deus, deixando meu coração simples e leve servidor.
“A obediência para Francisco nada mais é que a inevitável e necessária atitude da criatura quando se descobre como dom e objeto de predileção nas mãos de Deus criador; elevada e dignificada porque feita à imagem e semelhança do Filho de Deus”.

“Senhor, faze de mim um instrumento obediente de tua paz”.

“Senhor, faze de mim um instrumento pobre”.
A pobreza me é necessária para seguir Cristo que se fez pobre por nós; me faz abandonar as seguranças terrenas e o prestigio que disso decorre; me faz exercitar a humildade interior e me torna inteiramente livre para Deus, deixando meu coração rico e leve, dependente do Senhor.
Dizia Francisco: “Essa é aquela sumidade da mais elevada pobreza que a vós, meus caríssimos irmãos, instituiu herdeiros e príncipes do Reino dos céus e, fazendo-vos pobres de bens, vos cumulou de virtudes. (...) apegando-vos inteiramente a ela, não queirais, por amor ao nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, possuir jamais outra coisa debaixo do céu”.

“Senhor, faze de mim um instrumento pobre de tua paz”. —

Fonte: Página "Paz e Bem" do FACEBOOK
https://www.facebook.com/pages/Paz-e-Bem/211447132221654





Nenhum comentário: