"SENHOR, FAZEI-ME INSTRUMENTO DE VOSSA PAZ".

Sua maior intenção, seu desejo principal e plano supremo era observar o Evangelho em tudo e por tudo,imitando com perfeição, atenção, esforço, dedicação e fervor os passos de Nosso Senhor Jesus Cristo no seguimento de sua doutrina". (Vida de S. Francisco - 1Cel 84)

"Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você está fazendo o impossível.São Francisco de Assis"

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Não abusar da liberdade-Viver vida espiritual

Gálatas 5,13-26. 

13 Vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não abuseis, porém, da liberdade como pretexto para prazeres carnais. Pelo contrário, fazei-vos servos uns dos outros pela caridade, 14 porque toda a lei se encerra num só preceito: Amarás o teu próximo como a ti mesmo (Lv 19,18).  
15 Mas, se vos mordeis e vos devorais, vede que não acabeis por vos destruirdes uns aos outros.   
16 Digo, pois: deixai-vos conduzir pelo Espírito, e não satisfareis os apetites da carne. 17 Porque os desejos da carne se opõem aos do Espírito, e estes aos da carne; pois são contrários uns aos outros. É por isso que não fazeis o que quereríeis. 18 Se, porém, vos deixais guiar pelo Espírito, não estais sob a lei. 
19 Ora, as obras da carne são estas: fornicação, impureza, libertinagem, 20 Idolatria, superstição, inimizades, brigas, ciúmes, ódio, ambição, discórdias, partidos, 21 invejas, bebedeiras, orgias e outras coisas semelhantes. Dessas coisas vos previno, como já vos preveni: os que as praticarem não herdarão o Reino de Deus!  
22 Ao contrário, o fruto do Espírito é caridade, alegria, paz, paciência, afabilidade, bondade, fidelidade, 23 brandura, temperança. Contra estas coisas não há lei.  
24 Pois os que são de Jesus Cristo crucificaram a carne, com as paixões e concupiscências.  25 Se vivemos pelo Espírito, andemos também de acordo com o Espírito.   

26 Não sejamos ávidos da vanglória. Nada de provocações, nada de invejas entre nós. 


Nenhum comentário: