"SENHOR, FAZEI-ME INSTRUMENTO DE VOSSA PAZ".

Sua maior intenção, seu desejo principal e plano supremo era observar o Evangelho em tudo e por tudo,imitando com perfeição, atenção, esforço, dedicação e fervor os passos de Nosso Senhor Jesus Cristo no seguimento de sua doutrina". (Vida de S. Francisco - 1Cel 84)

"Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você está fazendo o impossível.São Francisco de Assis"

terça-feira, 21 de maio de 2019

IRMÃ DULCE O ANJO BOM DA BAHIA (BEATA)



Documentário: Irmã Dulce -
O Documentário País: Brasil 
Ano: 2011 

Maria Rita de Sousa Brito Lopes Pontes (nasceu em Salvador, 26 de maio de 1914 —faleceu Salvador, 13 de março de 1992), mais conhecida como Irmã Dulce, Beata Dulce dos Pobres, Bem-Aventurada Dulce dos Pobres ou "Anjo Bom da Bahia", foi uma religiosa católica humanista. 
Começou a praticar caridade aos 13 anos, ajudando mendigos nas ruas de Salvador. Aos 18 anos, entrou para a Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição. 
Dedicou toda sua vida à caridade e ficou conhecida como ‘Anjo bom da Bahia’. Foi beatificada em Salvador (BA) em 22 de maio de 2011, a partir do decreto assinado pelo papa Bento XVI, em dezembro de 2010. 
Em celebração a essa beatificação, a Rede Aparecida de Comunicação produziu e exibiu o documentário "Irmã Dulce", que aborda a vida, obra e legado da primeira baiana a se tornar beata. 
Histórias e relatos de sua compaixão com os mais necessitados são contados através de depoimentos de pessoas que conviveram e cuidaram da Irmã, entre eles: padre Antônio Maria, amigo Irmã Dulce; cardeal dom Geraldo Majella, escolhido pelo Vaticano para presidir sua beatificação; dom Murilo Krieger, arcebispo Primaz de Salvador; irmãs Josefa e Ana Angélica, que conviveram com irmã Dulce; e ainda, a enfermeira Walkiria, que cuidou de Dulce durante seus últimos dias.
FortificaeEmpodera


Santa Dulce dos Pobres. Rogai por nós.

Maria Rita de Sousa Brito Lopes Pontes, mais conhecida como Irmã Dulce, Beata Dulce dos Pobres ou Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, tendo recebido o epíteto de "o anjo bom da Bahia", foi uma religiosa católica brasileira, que fez muitas ações de caridade e assistência para quem mais precisava. Wikipédia

Nascimento: 26 de maio de 1914, Salvador, Bahia, Brasil
Falecimento:13 de março de 1992, Salvador, Bahia, Brasil



Nenhum comentário: