"SENHOR, FAZEI-ME INSTRUMENTO DE VOSSA PAZ".

Sua maior intenção, seu desejo principal e plano supremo era observar o Evangelho em tudo e por tudo,imitando com perfeição, atenção, esforço, dedicação e fervor os passos de Nosso Senhor Jesus Cristo no seguimento de sua doutrina". (Vida de S. Francisco - 1Cel 84)

"Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você está fazendo o impossível.São Francisco de Assis"

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Reflexão desse Domingo 07/02/2016-Frei Joel Souza



Partilho com vocês minha reflexão desse Domingo 07/02/2016
Paz e Bem!

Caríssimos irmão e irmãs com alegria venho através desse pequeno trecho, essas poucas linhas expressar a beleza da liturgia desse domingo principalmente o Evangelho.
Estejamos abertos há esse tempo de graça e de uma fé renovada pela presença doce do Espirito Santo. 
Jesus com o seu jeito característico de sempre estar a caminho, estar com os seus, estar no meio inserido como um, sem perder sua identidade de filho amado de Deus, mas se fez pobre por opção por amor ao Projeto do Pai.
No encontro de hoje Jesus pede a barca dos futuros discípulos emprestada, logo após sua pregação ele se dirige a Pedro e pedi: Avance para águas mais profundas, e lancem as redes para a pesca.. Esse fechado em si, com uma visão apenas humana, diz: Mestre tentamos a noite inteira, e não pescamos nada. Caros irmãos quantas vezes nossas resposta a Jesus é essa, quando paramos em nosso comodismo, pois pescar exige atitude é preciso ter a espera, e que muitas vezes vem o desanimo, as incompreensões as pressas do dia a dia. Mas de repente Pedro tomado por uma moção um sentimento do Espirito Santo, esse completa a frase, que hora tinha fraquejado, mas agora se abre a uma nova postura de fé: “Mas, em Obediência à tua palavra, vou lançar as redes”.
Esse tem uma atitude de fé, e vive um mistério da Obediência a Palavra, Santo Agostinho diz: O verdadeiro amor esta em obedecer e crer no que se ama. Fazer essa experiência com Jesus o milagre sempre acontece, onde existe disponibilidade não existe fome, ( falta de peixe). O Milagre sempre nos convida a dividir com outros pescadores, porque barco que não partilha afunda. Assim também cada um de nos podemos tirar de dentro de nos, essa coragem em obedecer mesmo que estejamos cansados de nossas noites escuras, onde estamos as vezes desolados, cansado pela pesca em vão, não porque não tem peixe, porque precisamos aprofundar, somente se nos aprofundarmos em Jesus como fez Pedro Tiago e tantos outros deixaremos na praia da vida nossas redes, nossos barcos, pois já não se faz necessário.
Assim seremos convidados a sermos Pescadores de almas de homens e mulheres, seremos Pescadores da Misericórdia, pra mostrarmos em tudo que fizermos que Deus é compaixão.

Um forte abraço.
Frei Joel Souza, fnpd
Faça-se.

FONTE: Facebook Frei Joel Souza 




Nenhum comentário: